Como criar um funil de vendas de um Infoproduto?

Como criar um funil de vendas de um Infoproduto?

Ter um bom modelo de Funil de Vendas é crucial e pode ajudar significativamente na criação de estratégias mais objetivas para seu negócio. Assim, com ele, você entende melhor de onde seu público vem e quais gatilhos são necessários para transformá-los em clientes fiéis.

Um Funil de Vendas é uma série de etapas que seu público atravessa, desde o primeiro contato com seu negócio até se tornarem clientes.

Esse modelo é denominado ‘funil’, uma vez que, das muitas pessoas que conhecem seu negócio, você precisa qualificar e identificar aquelas que têm real interesse e potencial para se tornar clientes.

Este modelo geralmente se divide em três etapas principais:

  • Topo do Funil de Vendas: aqui as pessoas descobrem sua empresa.
  • Meio do Funil de Vendas: onde elas compreendem o que seu negócio oferece.
  • Fundo do Funil de Vendas: aqui estão os prospects mais engajados com sua solução.
Funil de vendas

Topo do Funil (ToFu) – Conscientização: O objetivo é atrair o maior número possível de visitantes. Isso se realiza por meio de marketing de conteúdo, SEO, anúncios pagos e redes sociais.

Meio do Funil (MoFu) – Consideração: Nesta fase, os visitantes buscam mais informações. Aqui é onde você deve focar em nutri-los com conteúdos detalhados como eBooks, webinars e e-mails.

Fundo do Funil (BoFu) – Decisão: Aqui, os leads estão na decisão de compra, prontos para comprar. Ofereça provas sociais, avaliações, testes gratuitos e descontos especiais para convertê-los em clientes..

Apesar de ter etapas bem definidas, você precisa criar um funil customizado para o seu negócio, considerando que cada negócio é único e lida com públicos e soluções diferentes.

1. Conheça e Crie Sua Buyer Persona

A buyer persona é uma representação semi-fictícia do seu cliente ideal, ou seja, um personagem baseado em dados reais e suposições educadas.

Ao desenvolver uma buyer persona detalhada, você adquire um entendimento profundo das necessidades, comportamentos e preocupações do seu cliente ideal.

Isso permite que você crie mensagens e estratégias de marketing que resoem diretamente com o público-alvo, sendo assim, aumentando a eficácia das suas campanhas de conversão.

A jornada de compra mapeia o processo pelo qual um potencial cliente passa, ou seja, desde o primeiro contato com sua marca até a conclusão da compra.

Compreender cada etapa dessa jornada ajuda você a, não só identificar pontos críticos, como também onde deve intervir com informações ou incentivos.

Ou seja, isso inclui entender quando o cliente está apenas buscando informações, considerando opções, ou pronto para comprar, permitindo que você personalize suas interações para serem mais eficazes.

Identificar marcos de conversão é crucial para entender o comportamento do consumidor dentro do seu Funil de Vendas.

Esses marcos podem incluir o download de um eBook, a inscrição em um webinar, ou uma consulta agendada. Cada marco é uma ação que o cliente realiza e que o aproxima da compra.

Sendo assim, definir e monitorar esses marcos permite que você otimize as etapas do Funil de Vendas para melhorar a taxa de conversão em cada ponto.

Apesar de um funil típico ser dividido em três partes principais (conscientização, consideração e decisão), sua estratégia pode exigir adaptações.

Portanto, por exemplo, você pode descobrir que necessita de uma etapa intermediária de avaliação ou uma fase de retenção pós-venda.

Além disso, desenvolver e adaptar as etapas do funil conforme a necessidade específica do seu negócio e do seu público pode aumentar significativamente a eficácia das suas ações de marketing e vendas.

A automação de vendas é uma ferramenta poderosa que ajuda a gerenciar e nutrir leads através do Funil de Vendas automaticamente.

Utilizando softwares de automação, você pode configurar ações como envios de e-mails de follow-up, notificações de novos conteúdos ou lembretes de promoções, baseados no comportamento do usuário.

Com isso, não só se economiza tempo como também assegura que nenhum lead seja negligenciado, aumentando as chances de conversão.

Então, agora que você já sabe o que é um Funil de Vendas e como criar o seu, chegou o momento de conhecer 8 modelos de funil para aplicar na sua estratégia! Veja só!

O funil de captura é um modelo de Funil de Vendas clássico. Ele é amplamente utilizado porque representa a melhor forma de gerar novos leads para o seu negócio.

A partir deste modelo, você pode capturar e-mails e outros canais de contato de clientes em potencial, criando, assim, listas de leads altamente qualificados.

Então, para alcançar isso, é essencial oferecer um material rico em troca das informações dos usuários.

Este é outro modelo de funil de vendas que também é frequentemente utilizado. Pois, diferentemente do funil anterior, ele é projetado para oferecer diretamente sua solução ao público.

Ou seja, esse modelo é mais direto e adequado para um público que já está decidido sobre a compra, mas ainda não escolheu qual solução adquirir.

Com isso, ao empregá-lo, você reforça para o seu lead que sua solução é a melhor opção.

Este modelo robusto é ideal para criar um sistema que permita vender todos os dias, mantendo seus leads qualificados engajados.

Pois, frequentemente, ele trabalha com a oferta gratuita de um material valioso que seu público precisa e valoriza muito.

Sabemos que o depoimento de clientes é crucial na hora de realizar novas vendas. Por isso que o gatilho da prova social é amplamente utilizado.

Neste modelo, os depoimentos ganham destaque especial pois, eles que ajudarão a atrair pessoas e gerar vendas.

É o ideal para quem está com um produto novo pronto para ser lançado.

Então, neste caso, você precisará de uma isca digital forte para atrair seu público, que geralmente consiste em uma série de conteúdos relevantes, como lives ou aulas gravadas.

Este modelo é excelente para quem deseja gerar mais autoridade para o próprio negócio, e ao mesmo tempo, captar leads qualificados.

Sendo assim, a melhor maneira de demonstrar seu conhecimento ao público é através de webinars, que oferecem conteúdo detalhado e interativo.

Se você tem uma grande meta de vendas, este modelo pode ser ideal.

Ele combina o modelo de lançamento com estratégias adicionais de engajamento, permitindo assim, que você agregue mais valor e intensifique as interações com seus clientes.

Utilizando uma estratégia eficaz de upsell, este modelo incentiva o público a considerar uma versão superior do produto de interesse.

Ao trabalhar com esse modelo de funil, você consegue, não só aumentar as suas vendas, como também gerar mais lucro para o seu negócio.

Então, criar um funil de vendas eficiente para um infoproduto exige planejamento detalhado, conhecimento profundo do público e execução cuidadosa.

Ao seguir os passos mencionados e ao explorar diferentes modelos, você não só aumentará suas conversões, mas também otimizará suas vendas.

Por fim, lembre-se, a otimização é um processo contínuo. Sempre há espaço para melhorias.

Caso deseje implementar um Funil de Vendas no seu negócio para vender e escalar seu Infoproduto, então entre em contato com um de nossos especialistas clicando na imagem acima ou no botão “Receba uma ligação“.

Conteúdos em Destaque

Como criar um funil de vendas de um Infoproduto?

Como criar um funil de vendas de um Infoproduto?

Ter um bom modelo de Funil de Vendas é crucial e pode ajudar significativamente na criação de estratégias mais objetivas para seu negócio. Assim, com ele, você entende melhor de onde seu público vem e quais gatilhos são necessários para transformá-los em clientes fiéis. Resumo de tudo o que verá neste post: O Que é um Funil de Vendas? Um Funil de Vendas é uma série de etapas que seu público atravessa, desde o primeiro contato com seu negócio até

Leia mais »
plugins premium WordPress